sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

pleiades





Poesia:
http://imprimis.arteblog.com.br/3573/PLEIADES/
As plêiades
Miríade de paz, magnânimo reprocessar,
cantiga em forma de oração.
Miríades e reclusão.
Castigo no lusco-fusco.
Algo a brilhar.
O que será, em fim?
O brilho é tão difícil se preconizado pela ternura.
Miríades e constelações.
Abraços do ontem, serpentes do nada,
tudo vai ao encontro do sonho do poeta,
que é a nova cidade adornada de miríades de flores.
Os sonhos e as cores refletindo-se ao rufar dos tambores.
Miríades e cascatas a par dos lírios, os novos delírios.
A centigrama do sistema e a imaginação nas miríades.
Constelações abruptas nas grutas encantadas de pedras preciosas.
Lá é o Reino do Todo- poderoso.
Qual é o mapa de se chegar até lá?
Mas, por enquanto, dentro das miríades que aparecem na realidade,
o sonho com nova cidade.
Fernando Medeiros,2007



Pleiades:
O que são http://www.on.br/glossario/alfabeto/a/aglom_aberto_pleiades.html http://pt.wikipedia.org/wiki/Pl%C3%AAiades
-O aglomerado estelar aberto das Plêiades é o aglomerado de estrelas mais brilhante em todo o céu. As Plêiades também são conhecidas por vários outros nomes tais como "Sete Irmãs", como M 45 pela classificação do catálogo Messier, e como "Subaru" no Japão. Este aglomerado está localizado na constelação do Touro (Taurus). Seis das estrelas nas Plêiades são visíveis sem o auxílio de telescópios. Aproximadamente 500 estrelas pertencem ao aglomerado estelar aberto das Plêiades e a maioria delas são fracas. Uma nebulosa de reflexão circunda estas estrelas.
Dados essenciais:
descoberto por (conhecido desde a pré-história)
outros nomes M 45; "Sete Irmãs"; "Subaru" (no Japão)
constelação Taurus
ascenção reta 03 horas 47,0 minutos
declinação +24o 07'
distância 380 anos-luz
magnitude visual 1,6
dimensões aparentes 110,0 minutos de arco
idade ~100 milhões de anos
________________________________________
Outros fatos importantes
• MUITO IMPORTANTE: fisicamente, a nebulosa de reflexão que voce ve na fotografia, provavelmente, é parte da poeira de uma nuvem molecular NÃO RELACIONADA com o aglomerado das Plêiades. Ela NÃO É formada por restos da nebulosa que, um dia, deu origem ao aglomerado das Plêiades. Simplesmente esta nuvem de poeira está cruzando o caminho do aglomerado das Plêiades. O fato desta nebulosa de reflexão não estar associada com o aglomerado aberto das Plêiades é comprovado por medições das velocidades radiais relativas delas. Mostra-se que a nebulosa e o aglomerado tem velocidades radiais diferentes, cruzando um ao outro com uma velocidade relativa de 11 quilômetros por segundo.
• Modernos métodos de observação tem revelado que pelo menos 500 estrelas, na maioria muito fracas, pertencem ao aglomerado aberto das Plêiades
• O aglomerado aberto das Plêiades se espalha por um campo de 2 graus no céu (isto significa 4 vezes o diametro da Lua!)
• A distância do aglomerado aberto das Pleiades, 380 anos-luz, foi recentemente determinado a partir de medições de paralaxe diretas realizadas pelo satélite astrométrico Hipparcos, da European Space Agency (ESA). Este novo valor difere muito daquele que era aceito anteiormente, cerca de 408 anos-luz. Curiosamente, isto trouxe um problema para os astrofísicos. Agora é necessário explicar a contradição que existe entre este novo valor, que coloca as Plêiades bem mais próximas de nós, e as magnitudes aparntes comparativamente fracas das estrelas que formam este aglomerado. http://www.on.br/glossario/alfabeto/a/aglom_aberto_pleiades.html
-As Plêiades (Objeto Messier 45) são um grupo de estrelas na constelação do Touro. As Plêiades, também chamadas de aglomerado estelar (ou aglomerado aberto) M45 são facilmente visíveis a olho nu nos dois hemisférios e consistem de várias estrelas brilhantes e quentes, de espectro predominantemente azul. As Plêiades tem vários significados em diferentes culturas e tradições.
O cluster é dominado por estrelas azuis quentes, que se formaram nos últimos 100 milhões de anos. Há uma nebulosa de reflexão formada por poeira em torno das estrelas mais brilhantes que acreditava-se a princípio ter sido formado pelos restos da formação do cluster (por isto receberam o nome alternativo de Nebulosa Maia, da estrela Maia), mas hoje sabe-se que se trata de uma nuvem de poeira não relacionada ao aglomerado, no meio interestelar que as estrelas estão atravessando atualmente. Os astrônomos estimam que o cluster irá sobreviver por mais 250 milhões de anos, depois dos quais será dispersado devido à interações gravitacionais com a vizinhança galáctica.


Mitologia:
Texto completo em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Pl%C3%AAiades_%28mitologia%29
Na mitologia grega, as plêiades eram filhas de Atlas e Pleione. Cansadas de serem perseguidas pelo caçador Órion, pediram a Zeus que as transformasse em uma constelação.
As plêiades são: Electra, Celeno, Taigete, Maia, Mérope, Asterope e Dríope.
Atlas (em grego, Άτλας) - também chamado Atlante - foi um dos titãs gregos, condenado por Zeus a suster o céu para sempre. Atlas foi o primeiro rei da mítica Atlântida. Era casado com Pleione e com quem teve sete filhas, as chamadas de Plêiades.
Pleione (do grego Πληιόνη) era filha do deus Oceano. Ela viveu no Monte Kyllini situado na região do sul da Grécia chamada Arcádia. Ela era casada com Atlas e teve sete filhas, as chamadas Plêiades.

Taigete, na mitologia grega, foi uma das Plêiades, filha de Atlas e da ninfa Pleione. Ela e Zeus são os pais de Lacedemon, rei de Esparta.
Electra também é uma das Plêiades, filha de Atlas. Ela teve vários filhos com Zeus: Dardano, Iasion e (segundo algumas versões) Harmonia.
Maia (do grego dórico Μαία), na mitologia grega era uma das sete irmãs que, fugindo do gigante Órion, se transformaram na constelação das Plêiades. Era uma ninfa. Com Zeus teve Hermes, o belo mensageiro dos Deuses. Maia e Hermes temiam a fúria de Hera, por ciúmes de Zeus. Porém, em vez de serem odiados, os dois conseguiram a simpatia de Hera. A Maia era consagrado o dia 15 de maio. Na tradição romana, Maia talvez seja outra, diferente dessa ninfa da Arcádia, a que personificava o despertar da natureza na primavera e que viria a se transformar na mentora de Mercúrio.
Ela é deusa da fecundidade, e da projeção da energia vital. Maia era à ninfa que personificava os lugares frios. Maia também é filha de Atlas e Plêione.
Mérope era uma das Plêiades (as sete filhas de Atlas e de Pleione, a filha de Oceano), juntamente com Electra, Maia, Tagete, Alcíone, Celeno e Astérope. Foi a única das plêiades a se casar com um mortal, Sísifo. Na mitologia grega, Sísifo, filho do rei Éolo, da Tessália, e Enarete, era considerado o mais astuto de todos os mortais. Foi o fundador e primeiro rei de Ephyra, depois chamada Corinto, onde governou por diversos anos. Casou-se com Mérope, filha de Atlas, sendo pai de Glauco e avô de Belerofonte.
Asterope
Uma das Plêiades, filha de Atlas e da ninfa Pleione, esposa de Enómao (noutros relatos é mãe de Enómao) e mãe de Hipodâmia.
Dríope, na mitologia grega era uma de Plêiades, filha de Atlas e da Oceânide Plêiona. Foi amada por Hermes, e dessa relação nasceu Pã. Dríope ficou tão horrorizada com a feiura do filho que acabou o abandonando. De Apolo teve Anfiso.

Tupi-Guarani
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pl%C3%AAiades_no_folclore_e_literatura
As Plêiades são significativas na cultura dos indígenas da América do Sul, em especial para os Tupi-guaranis do Brasil. Seu aparecimento marca o início do ano no Calendário Tupi-Guarani[1]
Há várias lendas Tupi explicando a existência do grupo estelar[carece de fontes?]. Numa delas [2] é visível o objetivo de incentivar uma "maternidade responsável". Uma jovem tupi, mãe de sete filhos pequenos, não cuidava do mesmos, deixando-os ao encargo da avó das crianças. Morrendo a avó, a única alternativa dos pequenos foi voar, fugir, para o céu e lá formar a constelação do Sete Estrelo, como as Plêiades são também conhecidas em português

Referências bíblicas ao aglomerado das Plêiades
• Livro de Jó: 9-9
9-9 "[...] quem fez a Urso, o Órion, o Sete-estrelo e as recâmaras do sul"
• Livro de Jó: 38-31
38-31 "Ou poderás tu, atar as cadeias do Sete-estrelo, ou soltar os laços de Órion?"
• Livro de Amós: 5-8
5-8 "[...] procurai o que faz o Sete-estrelo, e o Órion, e torna a densa treva em manhã e muda o dia em noite; o que chama as águas do mar, e as derrama sobre a terra: o Senhor é o seu nome."

Apocalipce :
Texto completo em:http://www.gnosisonline.org/Magia_Cosmica/energias_pleiades.shtml
Alcione é um sol muito interessante. Ao seu redor giram outros tantos sóis. Disseram que o sol que nos ilumina é o sétimo sol a girar ao redor de Alcione. Cada sol é centro de um sistema solar e Alcione é o centro de 7 sistemas solares.
As Plêiades são um grupo de estrelas situadas na Constelação de Touro, dentre elas está Alcion ou Alcione. Vamos estudar a respeito deste enigmático e também importante Sol, já que sua influência sobre o nosso sistema solar é muito importante.
Convém lembrar que a Bíblia cita as Plêiades algumas vezes, vejamos algumas delas: "Falando Deus a Jó, disse-lhe: 'Poderás tu impedir as delícias das Plêiades ou desatar os ligamentos de Órion?' ... 'Soubeste tu as ordens do céu?'" (Livro de Jó cap. 38; 31)
As Sagradas Escrituras são muito claras ao se referir às "Delícias das Plêiades". Sabemos que a energia eletrônica de Alcione (o Sol Central das Plêiades) trará a todos os seres humanos uma luz de pureza, tanto interior quanto exterior. Estas são as delícias maiores que podemos ter.
No livro escrito em alemão, intitulado Der Jungs Ter Jag, de Paul Otto Hesse, aparecem inquietantes afirmações relacionadas com as Plêiades. Segundo Hesse, nosso sistema planetário forma parte do sistema de sóis pertencentes ao sistema das Plêiades e que não apenas seis sóis giram ao redor de Alcione, mas também o nosso Sistema Solar, chamado esotericamente de Ors, sendo o sétimo a gravitar em torno da grande massa chamada Alcione. Toda esta rotação e translação dura cerca de 24 mil anos, divididos em dois semiperíodos de 12 mil anos, dos quais 2 mil são de luz e 10 mil de obscuridade. Segundo afirma Otto Hesse, atualmente estamos vivendo o final dos 10 mil anos obscuros e, conseqüentemente, prontos para entrar nos 2 mil anos de luz.
Afirma-se que Alcione possui ao seu redor um gigantesco anel de radiações em posição transversal do plano das órbitas dos sóis e seus sistemas solares. O alcance do disco energético é de centenas de anos-luz. Logicamente, todos os sistemas solares terão obrigatoriamente de cruzar o anel ou disco de radiações. A velocidade é diferente, portanto demoram tempos diferentes. O nosso Sistema Solar de Ors, devido à sua posição dentro das órbitas de Alcione, demora cerca de 2 mil anos para atravessar o anel alciônico. Segundo Hesse, a poderosa energia radiante do anel de Alcione provoca a decomposição ou o rompimento dos elétrons. Essa fissão eletrônica é desconhecida ainda pela ciência atual. Foi-nos dito que este fenômeno ocorre a cada 10 mil anos, com o qual se explica a época glacial.
Afirma-se que os Anéis de Alcione, por sua forma aparente, poderiam ser comparados aos anéis de Saturno, com a diferença de proporções e teor energéticos, já que estes são formados de pó e rochas, e aos anéis de Alcione, de luz, estendendo-se várias centenas de anos-luz.
Dentre em breve, a ciência acusará ter descoberto no espaço exterior certas radiações até então desconhecidas. A partir deste momento tudo será questão de pouco tempo para penetrarmos na Zona Manásica de Alcione.
A ciência atual não admite a hipótese da existência real dos anéis, e também que pertencemos a um sistema estelar tendo como eixo Alcione. Portanto, como afirma a Bíblia, a Humanidade será atingida de surpresa.

A civilização das Plêiades:
Texto completo em:http://www.vialuz.com/linkArticles.do?id=448&typeId=1
Ali reside uma civilização amorosa e pacífica que cultua a harmonia, a beleza e todas as formas de arte.

Os pleidianos vivem em plena unicidade uns com os outros. Gregários por natureza, gostam de estar juntos. Sua forma de expressão nunca é individual, mas grupal, e até mesmo seus instrumentos musicais são projetados para ser operados por várias pessoas simultaneamente.

Amáveis, delicados e extremamente criativos, eles vivem praticamente em estado de graça em seu lar planetário - afinal, estão livres dos conflitos criados pelas diferenças de opinião e de vontade. Extasiam-se com a beleza da vida, expressam esses sentimentos por meio da arte e criam mais beleza e harmonia, vivendo assim em constante alegria e contemplação.

Há muitas almas originárias das Plêiades encarnadas na Terra - elas constituem a segunda raça extraterrestre mais presente por aqui. Vêm buscar, na terceira dimensão, a experiência do concreto, algo que o adiantado estado de sua civilização não pode lhes proporcionar.

O que o pleidiano tem de facilidade para criar, tem de dificuldade para executar suas idéias e levar as coisas até o fim. Aqui, na densidade da Terra, é que ele aprende a necessidade de plantar e cuidar para colher; que percebe a relação de causa e consequência dos mundos materiais. Em seu planeta de origem, extremamente sutil, é muito difícil ter essa percepção.

Até para encarnar na Terra, os pleidianos nunca vêm sozinhos, mas em grupo, e acabam sendo atraídos para o ofício das artes e da música, para os trabalhos comunitários ou em que possam empregar seus talentos criativos. São gentis, fazem amigos com facilidade e adoram estar com crianças. Muitos tornam-se bons professores e administradores de recursos humanos, pois, movidos pelo seu sentimento de fraternidade, gostam de ver os outros crescerem.

Exotéricos:

http://indigochildren.multiply.com/journal/item/326
Mensagem da constelação das Plêiades
Informações que nos chegam sobre o Cinturão de Fotons Tudo sobre o Cinturão que irá anunciar a ascensão do planeta

Cinturão de Fotons 2

Por: Vera Helena Tanze - vhct@uol.com.br


07-01-2006 - Olá amigos, o tema de hoje é fruto de canalizações e telepatia que pude identificar em alguns trechos que li de outros canais. O povo que mais me envia mensagens sobre este tema, é o dos pleideianos, habitantes das Plêiades. Muito de nossas artes vieram deste povo sensível, detentor de grandes conhecimentos cósmicos.
Os Maias contribuíram enormemente para o desenvolvimento da Terra com seus conhecimentos astrológicos, principalmente. Suas profecias se estendem até 2012, quando termina o Calendário Maia. Este povo também é chamado de “cigano cósmico“, pois atua em diversas culturas que se instalam, prosperam e simplesmente desaparecem sem deixar vestígios, como no caso da civilização Maia.
Seria coincidência o nome de um dos sete astros da constelação das Plêiades se chamar Maia? Seria também coincidência a referencia nos antigos escritos da Índia (Bhagavad Gita) se referir ao véu de ilusão que envolve a Terra como “Maia”?

Os visitantes das Plêiades mostram uma vasta nuvem de energia na qual o planeta está envolvido. Este vasto campo de energia é chamado de Cinturão de Fóton, imensa massa de espaço, fortemente energizado pela luz. Como já me referi em outro artigo sobre a matéria, a entrada da Terra para dentro deste Cinturão irá anunciar a tão esperada ascensão do planeta, quando passaríamos da terceira para a quinta dimensão, transitando rapidamente pela quarta dimensão. (veja no fim do artigo o link: Extraterrestres, o que são, o que querem).

Vamos explicar um pouquinho o que seria o ''Cinturão de Fóton''.
Fóton e uma partícula de energia clara registrada pelos olhos quando atinge a retina. Quando o elétron muda sua órbita, os fótons são emitidos pelos átomos. Alguns deles atingem a retina diretamente e podemos ver o bulbo da lâmpada. Outros se refletem nos objetos e no ambiente, proporcionando sua visualização.
Imaginem uma imensa nuvem no espaço feita apenas de Fótons, pura energia de luz. Imaginem nosso planeta indo para aquela nuvem. Com certeza terá um efeito sobre nós.
Esta energia vai alterar nosso DNA, encher nossas células, alterar nossos sentidos, nosso modo de pensar e irá permitir que vejamos as dimensões superiores.

O Cinturão de Fóton, é uma área de espaço imensa no formato de uma rosca perto das Plêiades, uma constelação composta de 400 a 500 estrelas, situada a uma distância de cerca 415 anos luz de nós na direção de Touro. A constelação foi chamada pelos antigos gregos de “Sete Irmãs'' porquê só conseguiam, (e isso vale ainda hoje), ver somente sete estrelas a olho nu.
Embora nosso sistema solar esteja para chegar ao cinturão, nós ainda não podemos vê-lo, porque ainda não está emitindo, ou seja, os fótons ainda não podem sair para estimular nossas retinas, impedindo sua percepção.
Mas uma vez dentro dele, passaremos a vivenciar alguns fenômenos, tais como o aumento de experiências paranormais e uma maior lucidez dos sonhos.

No livro de Fred Sterling, “Kirael: A grande mudança“, o autor nos conta que quando a Terra cruzar este perímetro externo, iremos ao encontro da parte mais densamente compactada do campo. Os fótons estão tão comprimidos que obscurecerão a luz do sol e teremos três dias de profunda escuridão (veja link do artigo no final deste texto). Esta total escuridão na presença de energia densa de luz parece uma contradição, mas em tese os cientistas afirmam que pode acontecer.
Os pleideianos dizem que atravessar o limite externo do Cinturão leva três dias, o que nos remonta à profecia bíblica dos três dias de escuridão, que poderia significar esta transição:
“...e o sol tornou-se negro como saco de silício e a lua toda tornou-se como sangue. E as estrelas do céu caíram sobre a Terra”. (Apocalipse 6 ,12-13)
“O sol se converterá em trevas e a lua em sangue”. (Atos 2, 20)
“E haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas”. (Lucas 21, 25)
“Então verão vir o Filho do Homem, com poder e grande glória. Ora, quando essas coisas começarem a acontecer, exultai e levantai vossas cabeças porque vossa redenção está próxima“. ( Lucas 21, 27-28).

Devemos nos lembrar que isto se passou há 2000 anos e naquela época não havia vocabulário para descrever determinadas situações, como por exemplo um helicóptero, um forno de micro ondas ou até mesmo uma nave.

Os pleideianos afirmam que a Terra se tornará muito fria e que a eletricidade não mais operará pois não terá condições de se mover pelos fios. Aparentemente qualquer energia da terceira dimensão não sobreviveria à passagem pelo Cinturão sem mudanças imensas, por esta razão, o campo de energia da terra deverá ser desmanchado antes que isto aconteça. É por isto que a grade magnética da Terra está sendo retirada aos poucos. As rotas dos aeroportos designadas em graus Norte Magnético estão sendo renumeradas, animais que se norteiam pelas linhas das forcas magnéticas para seus padrões migratórios, estão ficando confusos, baleias encalhando e assim por diante.
Outro efeito colateral, será um tremendo abalo na estrutura sísmica da Terra, que causará vários terremotos, intensas atividades vulcânicas, mudanças nos padrões climáticos.

Desde de 1996, o campo magnético da Terra está muito alterado devido ao desvio dos pólos magnéticos. Nossas células cerebrais contém pequena quantidade de material magnético, o que torna nossa memória dependente do campo magnético do planeta. Desta forma, se com a reversão polar a intensidade do campo cair para zero, nossas memórias poderão ser totalmente extintas. É o chamado “Marco Zero”, que opera em reinos além de nossa realidade tridimensional. A tecnologia do “Marca Zero” servirá de meio para trazer ao mundo notáveis mecanismos, tais como fontes de energia livre e aparelhos limpadores da atmosfera; porém, conforme aponta Drunvalo Melchisedek, tal tecnologia não será suave, pois poderá desestabilizar a economia de muitos países e alterar a balança do poder que hoje depende enormemente das fontes de energia planetária.
Nossos amigos, seguindo as profecias Maias, confirmam a data da mudança para 2012. O Apocalipse bíblico prevê que após três dias de escuridão a atmosfera irá se iluminar e voltar ao normal.
Porém, além da terceira dimensão, existe um tempo simultâneo, não linear, e então de certo modo isto já aconteceu para eles.

Na grande mudança, as pessoas despertas acordarão como de um sonho com seus centros de energia totalmente abertos, livres do “Véu de Maia” (ou de esquecimento), tanto pessoal quanto planetário, pertinentes à terceira dimensão. As pessoas começarão a se reconectar com suas origens e propósitos da alma, que é o retorno da Consciência Crística para o planeta. Por outro lado, a grande maioria estará em confusão e negação.
As constelações estarão diferentes e as estrelas bíblicas que cairão do céu poderão ser as naves aterrissando. Talvez também, a bíblica “Sua redenção esta próxima” se refira à mudança de freqüência dimensional.

Por fim, este “Véu de Maia” que envolve nosso planeta, cairá de tal modo que os primevos Semeadores de vida na Terra, vindos de outros sistemas, reaparecerão, nos auxiliando a firmar uma nova civilização e incorporar novos paradigmas de realidade.

Muita Luz, http://indigochildren.multiply.com/journal/item/326

Ufologia:
* Plêiades



• Os Plêiades são uma coletividade de extraterrestres do sistema estrelar Plêiade. Sua cultura é antiga e parece vir de outro universo, muito antes da Terra haver sido criada. Eles formam uma sociedade maravilhosa a qual vivem com idéias e ideais que ainda não nos são familiares. Os Plêiades começaram um projeto de contatar e inspirar os humanos terrestres a tomar de volta a sua força interior e criar uma realidade melhor para eles mesmos. Eles estão aqui como embaixadores de outro universo para ajudar a Terra na sua transição da terceira dimensão à quarta e assistir a cada um de nós no esforço de conscientização e conhecimento interior. Como seu projeto tem se tornado muito bem sucedido, muitos ET's têm se juntado ao grupo, alguns de outros sistemas estrelares. Assim, o grupo recentemente trocou o nome de Plêiades para Plêiades Plus. Ele ensinam a forma de energização metafísica pessoal e social. Os Plêiades falam como uma coletividade e não indivíduos. Eles não aparecem sob forma física, mas podem, se quiserem. Eles acham seguro enviar suas mensagens através da canalização, e não atrair muita a atenção. “ A PERGUNTA É PQ SERA QUE SE NOS SOUBERMOS QUEM ELES REALMENTE SÃO ALGO VAI MUDAR AS PESSOAS TEM QUE EVULUIR POR CONTA PROPRIA E NÃO COM AJUDAS SEMPRE FALAM QUE SÃO ESPIRITUALMENTE EVOLUIDOS HÁ QUE É ISSO! SE SÃO INTELIGENTES VAM PERCEBER QUE A INOVAÇÃO TECNOLOGICA SURGE ATRAVES DA INTELIGENCIA E CONHECIMENTO COM ISSO SE PRECISA DA CIENCIA PQ É ATRAVEZ DELA QUE ELES VÃO CRIAR NOVAS DESCOBERTAS E CRIAR NOVAS FONTES DE VIDA COMO LONGA VIDA E CRIAÇÃO DE PESQUISAR GENÉTICAS , TUDO TRARIA MAIS CONFORTO E SEGURANÇA NOVAS TECNOLOGIAS PARA O LOCAL ONDE VIVEM OU PASSAM A MAIOR PARTE DO TEMPO , CONHECIMENTO DE ACONTECIMENTOS DE OUTRAS CIVILIZAÇÃO QUE TRARIA MAIS IDÉIAS DE CRIAÇÃO NOVOS EQUIPAMENTOS PARA O MELHOR ESTILO DE VIDA ISSO QUER DIZER DOMINAR VÁRIAS AREAS COMO CONTROLAR NOSSOS IMPULSOS PARA NÃO SEREM ACRECIVOS E CONVIVEREM EM PAZ DIFERENTE DE NOS QUE SOMOS VIOLENTOS E SEMPRE ESTAMOS EM GUERRA A QUESTÃO É NÃO DOMINARAM A ESPIRITUALIDADE E SIM A TECNOLOGIA QUE FAZ ELES VIVEREM COM UM PROPÓSITO QUE MUITOS HUMANOS NÃO ENTENDE QUE É EVOLUÇÃO DA ESPECIE A EVOLUÇÃO TRAZ O CONTROLE O CONTROLE TRAZ A ESTABILIDADE A ESTABILIDADE TRAZ A COOMPRENÇÃO , GENÉTICA OU ENGENHARIA GENÉTICA , PROLONGAÇÃO DA VIDA , REPRODUÇÃO DE CELULAS DEFEITUOSAS NO CORPO E ASSIM POR DIANTE , E ACHO QUE ELES SE DECEPCIONA QUANDO OS HUMANOS NO GERAL FALAM QUE ELES OS ALIENIGENAS SÃO ESPIRITUALMENTE EVOLUIDOS , MAS NA VERDADE ELES INTENDE QUE PARA EVOLUIR TODOS TEM QUE DEIXAR A ESPIRITUALIDADE PARA TRAZ OU ESQUECER A ESPIRITUALIDADE.* Sirius Membros da Confederação dos Humanos. Eles são uma raça hipotética, aquática, algo como uma versão de golfinhos e baleias. Eles dizem viver numa consciência crística e estão no sistema solar muitos ligados a nossas maneiras físicas. Eles também exercem um papel na ajuda à Terra, mas fazem isto de forma sutil, em nossos oceanos. * Reptilianos A raça Reptiliana, de Draco, um planeta conquistado, é controlada pelos Greys por meio de um implante ( o mesmo que implantam em humanos ). Eles também dizem ser a mente mestre dos planos de abduções. Possuem uma recém-criada "meia-criatura" com implantes para derrotar a Confederação dos Humanos. Os Reptilianos também usam os humanos como alimento.* Vega Membros da Confederação dos Humanos. Estas raças são as mais citadas em livros, publicações e grupos de discussões. http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://1.bp.blogspot.com/_PnMJjkhChdk/RvWtkLK58iI/AAAAAAAAAes/GGKgLazrPBQ/s320/pleiades.jpg&imgrefurl=http://ufoactivity.blogspot.com/2007/09/espcies-j-classificadas-parte-1.html&usg=__XnVMRFUCaXJDpAmFbSIYV9Jd67U=&h=320&w=214&sz=13&hl=pt-BR&start=96&sig2=A2arm_0CFgQ87Qd2uKVAIw&um=1&tbnid=sWt3dkWOKamrOM:&tbnh=118&tbnw=79&prev=/images%3Fq%3Dpleiades%2Blivro%26ndsp%3D18%26hl%3Dpt-BR%26sa%3DN%26start%3D90%26um%3D1&ei=g6BZS_WYGci1lAem4dSDBQ


Livros:
Mensageiros do Amanhecer: Ensinamentos das Plêiades

Autor: Barbara Marciniak


música:



The Prophecy Of Pleiades
Pagan's Mind
Indisponivel Idioma original: ING Traduções: POR

(A profecia das plêiades)

Andando através do bosque na noite de inverno
Uma luz da estrela congela o céu
Com a confidência e autocontrole
A ausência da noite guardou minha cativa alma com vida
Derrubando a liberdade da escolha...

Como um andarilho perto
Do coração da noite
Um estranho reflexo chama-me sobre o céu
Alguma coisa me deixa pinturas
Pinturas em minha mente
Nunca vistas antes

Ponte:
Como um fantoche se afogando...
...Uma mente cativa, nunca se libertará
Perto de um lugar desconhecido...
...Atmosférico, intensa luz

Refrão: 2x
Esperando no silêncio
Caindo num profundo transe

O estranho reflexo sussurra meu nome
Uma voz desconhecida
Sussurra nas árvores e no vento
Preste atenção ao chamado
Misterioso
Sem controle da mente
O amanhecer está perto
Uma ferroada congelante em meu sangue e em meu cérebro
Como eu sentia que perderia meu poder
Eu parei e respirei fundo

Quem sou eu para encarar nesta noite?

Ponte:
Como um fantoche se afogando...
...Uma mente cativa, nunca se libertará
Perto de um lugar desconhecido...
...Atmosférico, intensa luz

Refrão: 2x
Esperando no silêncio
Caindo num transe profundo

"Preste atenção ao chamado
Da consciência iluminada
O tempo está esperando
Pela o transe, você verá a luz"

Luz purificada e som inexplicável
Da clara nave pavorosa
“Nós viemos da sétima estrela
De uma remota constelação
Nós já viemos aqui antes.”

Assistimos esta terra com vida...
...Respirando, morrendo
Um experimento da ciência
Trouxe o sinal
Agora trouxe para
A toda humanidade
“Uma profecia de nosso reino”

Refrão: 2x
Esperando no silêncio
Caindo num profundo transe

Preste atenção ao chamado
Da consciência iluminada
O tempo está esperando
Pela o transe, você verá a luz

"Trouxe o sinal
Agora trouxe para
Toda humanidade"
Contribuição:peter parker

Nenhum comentário:

Postar um comentário